Perfil do Consumidor de Carne Suína no Município de Uberlândia - MG

Autores

  • Elisa Norberto Ferreira Santos Instituto Federal do Triangulo Mineiro, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. MG, Brasil.
  • Ana Flávia Rosa Santos Instituto Federal do Triangulo Mineiro, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Tecnologia de Alimentos. MG, Brasil.
  • Lucas Arantes Pereira Instituto Federal do Triangulo Mineiro, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Tecnologia de Alimentos. MG, Brasil.
  • Fernanda Barbosa Borges Jardim Instituto Federal do Triangulo Mineiro, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Tecnologia de Alimentos. MG, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-6938.2024v28n1p117-125

Resumo

A carne suína é a carne mais consumida mundialmente. No Brasil a realidade é diferente e essa proteína ocupa a terceira posição na preferência dos consumidores. Dessa forma, o objetivo do presente estudo foi analisar o perfil do consumidor de carne suína no município de Uberlândia-MG. Foi utilizado um questionário online, disponibilizado nas redes sociais, para avaliação das características sociodemográficas, consumo de carne e derivados suínos e do conhecimento acerca da qualidade e sanidade da carne suína. Foram obtidos 500 questionários e os dados analisados utilizando a estatística descritiva sob a forma de distribuição de frequência e o teste de Qui-quadrado. Os resultados indicaram que apesar de ser uma carne saborosa, os principais motivos para não consumir estão relacionadas às questões nutricionais e sanitárias. O corte suíno preferido foi a costela e a forma de consumo assada. A compra é feita preferencialmente em açougues. A maioria nunca viu propaganda de incentivo ao consumo dessa proteína. O consumo de carne suína foi associado a faixa etária, a escolaridade e a renda familiar mensal, onde o maior consumo ocorreu na faixa entre 30 e 49 anos, com no mínimo ensino médio completo e a renda acima de 5 mil reais, respectivamente. Dessa forma, investimentos em marketing, para a divulgação da evolução da suinocultura brasileira, com informações das qualidades nutricionais e sanitárias da carne, poderia esclarecer as dúvidas dos consumidores e desmistificar os mitos ainda existentes, para que o consumo dessa proteína possa ser aumentado.

Palavras-chave: Carne Suína. Mitos. Cisticercose. Desmistificação.

Abstract

Pork is the most consumed meat worldwide. In Brazil, the reality is different and this protein ranks third in consumer preference. Thus, the aim of this study was to analyze the profile of pork consumers in the city of Uberlândia-MG. An online questionnaire, available on social networks, was used to assess sociodemographic characteristics, consumption of pork meat and derivatives and knowledge about the quality and health of pork meat. 500 questionnaires were obtained and the data analyzed using descriptive statistics in the form of frequency distribution and the chi-square test. The results indicated that despite being a tasty meat, the main reasons for not consuming it are related to nutritional and health issues. The preferred pork cut was the rib and the roasted form of consumption. The purchase is made preferably in butchers. Most have never seen advertisements encouraging the consumption of this protein. Pork consumption was associated with age group, schooling and monthly family income, where the highest consumption occurred in the age group between 30 and 49 years old, with at least high school education and income above 5 thousand reais, respectively. In this way, investments in marketing, for the dissemination of the evolution of Brazilian pig farming, with information on the nutritional and sanitary qualities of the meat, could clarify the doubts of consumers and demystify the myths that still exist, so that the consumption of this protein can be increased.

Keywords: Pork. Myths. Cysticercosis. Demystification

Publicado

2024-04-22

Como Citar

NORBERTO FERREIRA SANTOS, Elisa; ROSA SANTOS, Ana Flávia; ARANTES PEREIRA, Lucas; BARBOSA BORGES JARDIM, Fernanda. Perfil do Consumidor de Carne Suína no Município de Uberlândia - MG. Ensaios e Ciência C Biológicas Agrárias e da Saúde, [S. l.], v. 28, n. 1, p. 117–125, 2024. DOI: 10.17921/1415-6938.2024v28n1p117-125. Disponível em: https://ensaioseciencia.pgsscogna.com.br/ensaioeciencia/article/view/10712. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos